quarta-feira, dezembro 31, 2008

Bom Ano 2009

A chegar ao fim...

O ano está a terminar...
Um ano de vida de projectos, de alegrias e tristezas, de dor e sofrimento, de esperança, de empenho, de oração, de muito esforço...
Este é também um tempo de avaliar:
De identificar o caminho que fiz...
De perceber o que não correu tão bem como esperava...
Nesta altura há sempre sentimentos mistos, cansaço, alegria do dever cumprido, alguns conflitos mal resolvidos, entusiasmos que cresceram...
Mas... como todos aqueles que dão um pouco da sua vida para que outros possam conhecer o Senhor da vida, soube-nos bem! Valeu a pena!
Por tudo o que foi bom dêmos graças a Deus e rezemos:

"Obrigado Senhor, por teres confiança em mim, pela Tua Presença e Graça estarem sempre a meu lado, no esforço, na criatividade, na procura...

Senhor, um novo ano está prestes a começar.
Eu gostaria que todo ele fosse vivido contigo. Gostava de o percorrer segurando a Tua mão.
Por onde quer que eu vá, que eu saiba levar a paz e a reconciliação.
Ensina-me também a ser um construtor de amizade. Abre os meus olhos: Eu sei que Tu contas comigo para servir os meus irmãos e irmãs, para espalhar a alegria, a justiça e a paz à minha volta.

Maranatha!
Vem Senhor Jesus!

Feliz Ano Novo!

Vídeo Com Som - Bom Ano 2009
video
Vídeo com som - Bom Ano 2009


Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

quinta-feira, dezembro 25, 2008

É Natal! É Natal!

Verdadeiro e feliz Natal a todos

"O Natal é muito mais que uma soma de objectos trocados. É o grande jogo do afecto pela vida nos seu diferentes tons.
É uma liturgia, uma parábola, uma história mais que mágica. Real. Com a estrela, os magos, O Canto dos anjos, O menino reclinado, a humanidade em festa porque redimida. Seja em que tom for, este hino de Deus no meio dos homens nunca pode deixar de ser repetido. Mesmo que o Natal pareça mais um ciclo com menos imaginação."

Jesus,
Luz no meio da noite.
Hoje queres nascer aqui
e agora no coração
de cada um de nós!
Quando Te abrimos
a porta da nossa vida
Tu entras
e incendeias tudo de Paz,
Força e Esperança!
Abençoa nesta noite
especial cada um
de nós, dá-nos o Teu Amor,
a Tua ternura e a Tua força!

Feliz Natal 2008

video
Vídeo com som

Vamos cantar Parabéns para Jesus!

video


Um Santo e Feliz Natal!

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Vem Senhor Jesus!

video
Vídeo Com Som
Vem Senhor Jesus!

Senhor, eu sei que os meus caminhos não são os Teus.
Ensina-me a descobrir os Teus caminhos.
ensina-me a aplanar os caminhos tortuosos...

Senhor, ensina-me a preparar o caminho da Tua vinda.
Pondo em ordem a minha casa, por dentro e por fora...
vivendo e agindo com enorme transparência.

Senhor, ensina-me a preparar o caminho da Tua vinda...
Purificando a minha mente e o meu coração...
libertando-a de todos os pensamentos negativos...
e enchendo-a de um só pensamento: a Tua vinda.
Desejando-a e pressentindo-a já...na minha vida...

Senhor, ensina-me a preparar o caminho da Tua vinda...
A saborear gozosamente essa espera...
preparando-a a partir do mais fundo da minha alma...

Senhor, tenho desejo da Tua salvação...
Senhor, espero a Tua salvação no tempo e na eternidade...
Senhor, espero a Tua presença salvadora na minha vida...
Senhor, espero viver em Ti e a partir de ti...
Senhor, Vem...Vem depressa à minha vida...

Desejos de um Santo e Feliz Natal
Boas Festas

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

sábado, dezembro 20, 2008

4º Domingo do Advento

Ano B –IV DOMINGO DO ADVENTO
«Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus.»

O Evangelho proposto para esta semana é o da Anunciação. Trata-se de uma narração do encontro inesperado de Maria com o Anjo Gabriel que lhe anuncia o projecto de salvação por parte de Deus, que a envolve em primeiro lugar. O episódio revela-nos quem são as personagens, qual o conteúdo do anúncio, quais as reacções que tal anúncio provocou na jovem de Nazaré e que resposta foi dada.
É incrível que a Encarnação, o acontecimento fundamental para a salvação da humanidade, tenha sido anunciado de um modo tão discreto a uma jovem.
É bonito pensar que em alguns lugares, talvez mais nas aldeias, de manhã cedo, ao meio-dia e ao entardecer, os sinos das Igrejas ainda tocam dando sinal para as “Avé- Maria”, a oração do Angelus. A saudação do Anjo tornou-se uma oração tradicional que ilumina os dias. E Maria, depois deste acontecimento, tornou-se a ícone da fé da Igreja, daqueles que acreditam na Palavra de Deus, na sua força, nas suas promessas e se sentem, pessoalmente, envolvidos e chamados a colaborar para que “venha o Seu Reino”.
Deus faz-se homem e vem habitar connosco: isto muda o nosso modo de ver Deus e o homem. Muda o nosso modo de existir: é-nos proposta uma Aliança, uma “co-habitação” que nos interessa e nos leva a tomar uma posição. Na resposta da fé está o nosso risco, a possibilidade de nos realizarmos, actuando o projecto de Deus, para além de toda a esperança humana. Conscientes da nossa pobreza e dos nossos limites, mas com plena confiança, como Maria, no amor omnipotente, somos chamados a dizer o nosso “sim” ao Senhor, na oração e na vida.


PALAVRA
Disse-lhe o Anjo: “Não temas, Maria, porque encontraste graça diante do Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim”.

O Anjo Gabriel revela a Maria o que acontecerá se ela acolher a proposta de Deus: será mãe de um menino cujo nome é Jesus, “o Senhor salva”. Ele não será um menino como os outros, pois sobre ele está designado um grande projecto, um projecto real. O seu Reino será diferente de todos os outros, será de origem divina e eterno. No filho de Maria, se realiza a profecia feita a David: Jesus é o Messias esperado, destinado a reinar eternamente.

MEDITAÇÃO
Maria é a escolhida, porque a sua existência agrada a Deus, ela está apta para cuidar do seu Filho. Sim, Jesus é Filho do Deus Altíssimo, que se faz um de nós, na pequenez e na fragilidade de uma criatura. Da pobreza de uma jovem de Nazaré nascerá o Rei dos reis. E o seu Reino é de paz, de justiça, de santidade no qual todos quererão viver. Ele é o Messias esperado. Não nos iludamos com outros “messias” que terão sucessos momentâneos; com Jesus teremos a Eternidade. É deste contraste entre o projecto de Deus e a pobreza humana, “o berço” que Deus precisa para mostrar que os seus modos, a sua lógica não são os modos nem a lógica dos homens, e que a verdadeira grandeza do homem é a humildade. Por isso não hesita entrar no mundo sem sinais de poder, mas despoja-se da sua divindade e assume a condição humana. Encontra morada em nós e por isso não devemos temer se Ele quer reinar na nossa existência: tenhamos a coragem de reinar com Ele no amor, na paz, na concórdia, na fraternidade, na justiça.

Vídeo com som - Maria ensina-me a preparar a tenda!
video
Vídeo com som

Bom Domingo Com O Senhor!
Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Ir ao encontro Daquele que vem!

Advento
Ir ao encontro Daquele que vem!

Deus vem à terra numa criança muito pequenina: JESUS!
Ele não é um Deus que meta medo...
Pelo contrário, Ele pede o amor e a ternura dos homens!
Durante o tempo de Advento, os cristãos devem ter em especial atenção:
Em amar os seus irmãos e em perdoarem-se...
Os cristãos vivem esta reconciliação com Deus no sacramento do Perdão!
Um mensageiro, uma mensagem, também hoje são necessários mensageiros, para tornar verdade a mensagem do Evangelho de Jesus!
pensemos na nossa vocação como cristãos:
Será que podemos dar mais de nós?
Será que podemos ser mais e melhores profetas?
Que resposta tenho para Este Deus que procura mensageiros para a Sua mensagem?
Jesus é o novo horizonte de esperança para toda a humanidade. Nele encontramos a força de um novo Baptismo no Espírito que redime e salva.
Esperamos, portanto, neste tempo de Advento, a vinda de Deus. Isto supõe prepararmos o nosso coração e a nossa vida. Para que o Espírito do Senhor habite em nós e nos fortaleça. Para que Deus seja tudo em nós...
Obrigado Senhor, pela Tua consolação e presença!
Obrigado por todas as vezes que falas ao meu coração, colmatando os vales da minha inconsistência, e do meu orgulho que me conduzem a caminhos de tristeza e desolação!
Anima-me para o encontro contigo. Transforma-me em espaço de planície de paz e de perdão!
Purifica-me do que me transforma em ódio e rancor, para que o meu coração Te possa receber, como novidade de cada instante, na plenitude do meu ser em Ti!
Ao longo do Advento recorda-te dos compromissos assumidos no teu Baptismo e procura preparar o teu coração, para receber o Senhor que vem ao nosso encontro, esperando encontrar caminhos facilitados pelo amor que em Deus depositamos!
Obrigado Senhor, pela Tua consolação e presença.
Obrigados pelas vezes que falas ao meu coração!
Neste tempo de Advento talvez possa dedicar um momento à oração, ao diálogo, ao encontro, ao silêncio com Deus. Dedicar-Lhe tempo, dedicar-Lhe espaço na minha vida... no meu dia a dia!

Maranatha!
Vem Senhor Jesus!


Vídeo Com Som
video

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Bem Vindo Ao Blog Catequese!

Bem Vindo!

video

Vídeo Com Som

Tempo de Advento

Espiritualidade do Advento

ADVENTO É
:

Um apelo a vivermos na esperança, a olharmos para a vida como um caminho para Deus, para a libertação, para a salvação, para a paz!
Mesmo quando tudo parece dizer o contrário. Mesmo aí é preciso, em Espírito profético de fé e esperança no amor de Deus e na Sua fidelidade, levantar a cabeça...porque Deus gosta mesmo de nós...porque Deus vem mesmo ao nosso encontro...Deus não nos trai nem engana!
É um apelo a descobrirmos Jesus presente no meio de nós. E Ele está presente de muitas maneiras. Está presente no Seu Espírito que nos anima e congrega à Sua volta no caminho para Si. Está presente na Eucaristia. Está presente na Sua Palavra e nos Seus ministros. Está presente na reunião que um ou dois fazem em Seu nome. E está também presente nos pobres, nos doentes, nos famintos, nos presos e nos peregrinos...em quem sofre e em quem precisa...
É um apelo à recepção de Jesus na nossa vida: Acolhê-lo, Aceitá-lo. Agradeçê-lo ao Pai. Aceitá-lo naquela liberdade de Maria. Abertos à Sua vontade. Disponíveis para o que Ele quiser...
Sem medo... dados...
Maria...deu-se!

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

Sentido do Advento


video
Vídeo Com Som

Sentido do Advento

Na nossa Igreja, estamos a aproximar-nos, uma vez mais, de um tempo de festa. É a festa maior da nossa fé, juntamente com a Páscoa, a festa maior da história humana.
Quando faltam apenas algumas semanas para o Natal, um sem-número de sentimentos, recordações, emoções, voltam a despertar... As imagens características da árvore que se veste de luzes coloridas, os fios dourados, as estrelas, os presépios; e a figura do Pai Natal multiplicada em centenas de formas e de rostos, despertando a imaginação dos mais pequenos, invade os espaços públicos, inunda os centros comerciais e penetra nos lares cada ano mais cedo...
A mais publicitada das celebrações chega até nós através das imagens transmitidas pelos meios de comunicação social, da neve, trenós e renas, das mesas repletas de deliciosas iguarias, dos bailes e músicas tradicionais ou, apenas, de pão e amor partilhados...
Até a solene «missa do Galo» celebrada no Vaticano pode ser vista em todos os confins da terra...
S. Nicolau fala, pela Internet, desde o seu mágico lar escandinavo e as crianças dos arrabaldes, dos subúrbios e das aldeias, sonham com ele contemplando a sua imagem de plástico...
O sentido do Natal, a sua razão de ser e a sua Mensagem, mal sobrevivem por detrás destas representações comerciais.

«Preparai o caminho do Senhor» (Mt 3,3)

Apesar de tudo, são precisamente estes mesmos símbolos e personagens patentes nas lojas de compras natalícias que nos ajudam a compreender o sentido do advento.
São eles, testemunhas do clamor do povo que espera o Salvador, que nos conduzem por um caminho de preparação, de espera e de expectação. Tal como Maria, nós cristãos, devemos preparar o coração para receber Aquele que vem!




Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

Advento - Tempo Para Reflectir

video
Vídeo Com Som

Advento - Tempo Para Reflectir

A que me proponho neste início de Advento? Como posso marcar o ritmo da espera? De que é feita essa confiança em Deus que continuamente vem ao nosso encontro? O que acontece a uma pessoa, quando por preguiça, por desmazelo, por egoísmo, deixa que uma relação se deteriore?

Com o passar do tempo, instala-se a tristeza, a desolação, o arrependimento, e a clara noção de ser difícil recuperar uma experiência semelhante...

...A nossa relação com Deus pode também correr estes riscos, pela falta de fidelidade, pela ausência de oração, pelo pouco cuidado em olhar para os outros a partir do olhar bondoso de Deus!

Como vivo o dia a dia comprometido na construção do Reino?

Neste tempo em que o Senhor está de viagem, decido-me hoje em aprofundar alguns dos sinais que alimentam a minha ligação com Ele:

A Sua presença no Santíssimo

A Sua Palavra...

A Eucaristia...

O amor em acto...

O Perdão...

Maranatha! Vem Senhor Jesus!


Arménio Rodrigues

menorodrigues@gmail.com

segunda-feira, dezembro 08, 2008

Dedicado a Imaculada Conceição - 8-12-2008


Uma luz importante no nosso caminho

Todos os anos celebramos uma grande festa no dia 8 de Dezembro: a da Imaculada Conceição de Nossa Senhora. Esta Expressão quer lembrar-nos que Maria nasceu à perfeita imagem de Deus, sem qualquer falta, sem pecado. Desde o seu nascimento, Deus a protegia. Deus amava-a como a todas as crianças da terra, ricas ou pobres, doentes ou saudáveis. Mas além disso, Deus contava com Ela para que pudesse um dia ser Mãe de Jesus.
Assim Maria foi uma menina como as outras, uma mulher comum do seu tempo. Vivia atenta à Palavra de Deus, pondo-a em prática. Pode dizer-se que deixava irradiar perfeitamente nela o amor que Deus Lhe tinha.


Videos Dedicados a Imaculada Conceição
video
Vídeo Com Som


video
Vídeo Com Som


video
Vídeo Com Som



Maranatha! Vem Senhor Jesus!

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

Dedicado a Imaculada Conceição Parte 2


O SIM!

Quando o Anjo Gabriel veio com toda aquela conversa que Ela iria ser a Mãe do Emanuel, mesmo sem perceber porquê, Ela disse "SIM!"
Nasceu o menino e vieram as dificuldades, e sempre, diante de cada aventura (a fuga para o Egipto, a perda do Menino no Templo...) Ela lá estava com o Seu "SIM!"

Complicado, não é?

Foi a primeira que acreditou e se pôs a caminho para anunciar a Boa Nova à sua prima Isabel. E até, num certo casamento em Canã, Ela lá estava para com Jesus a dar solução ao problema do vinho.
Chegaram os tempos da Paixão e morte de Jesus e, sem arredar pé, Ela lá estava aos pés da cruz. Sabe Deus como...
Não é difícil saber o seu nome: Maria, a mãe de Nazaré. Ela é para nós modelo de fé, modelo de seguimento de Jesus, modelo de vocação. Disse "SIM!" e pronto.
A todos os que hoje queremos continuar a seguir Jesus, Ela está aí para nos mostrar a meta... e a dizer-nos:
-O caminho faz-se andando. Tu diz sim. Acredita! Depois, deixa que Deus faça maravilhas em ti, como fez em mim. E, como eu, torna-te portador e portadora de Jesus a todos. É tempo de dizeres o teu sim!
Do teu sim nascerá uma aventura de amor. Tu, porque esperas? Ela espera por ti...

Um grande abraço!

Vídeos Dedicados a Imaculada Conceição
video
Vídeo com Som


video
Vídeo Com Som



Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Olhar o Advento

Olhar o Advento


A Igreja começa cada ano litúrgico com o Tempo de Advento. Um tempo para recordar que cada pessoa faz parte da grande História da Salvação e que esta tem sempre tempos pacientes e prolongados de espera.
Porquê tanta espera?
Nós somos os culpados por tanta espera, pois constantemente tomamos o caminho errado, andamos desorientados, confusos e ocupados com as imagens de ídolos, esquecendo a imagem do verdadeiro Deus.
ele, pelo amor que nos tem e com a sua infinita paciência, espera, espera... dizendo-nos que é possível recomeçar. Esperar... para começar de novo. Eis a mensagem do advento. Uma mensagem capaz de renovar o sentido do caminhar, o estímulo e a esperança para encontrar algo seguro no meio de uma sociedade tão efémera.
Deus vem sempre como novidade, quando menos O esperamos. Apenas nos pede que O reconheçamos e O escutemos.
Preparemo-nos para O receber. Maranatha!

O Caminho do Advento

O que é o Advento?

Chamamos «Advento» ao período das quatro semanas anteriores ao Natal, durante a qual a Igreja nos convida a preparar a festa, chamando-nos à oração e a gestos concretos:
- Oração para como Maria, «glorificar o Senhor» «que pôs os olhos na humildade» dos homens (Lc 1, 46-48), «se fez homem e veio habitar connosco» (Jo 1, 14)
- Gestos concretos para estender a sua misericórdia no meio dos homens «de geração em geração» (Lc 1, 50).
No Tempo do Advento, a Igreja revive as «vindas» do Senhor ao seu povo:
. A vinda histórica, em carne mortal, como Menino, no Natal.
. A vinda triunfal, como Senhor, quando o seu Reino se manifestar plenamente (1 Cor 11, 26; 15, 24).
. A vinda íntima, permanente, ao cristão que prepara o seu coração.

Advento é Esperança

Pôr em prática a espera do advento pressupõe, como condição prévia, que se tenha fé. Mas também esperança.
A presença actual do senhor no meio dos homens é uma força que equilibra os diversos aspectos da vida: amor humano, felicidade, trabalho, bem-estar.
Por isso, viver sempre com esperança, especialmente no advento, confere à existência da pessoa aquela serenidade, fortalecida na luta, que lhe permite superar, com constância, as circunstâncias previstas e imprevistas.
Nada pode desorientar quem puser a sua esperança no próprio Deus.
Uma pessoa assim constrói a sua existência com equilíbrio divino, fruto de prudência e risco, de paz e luta, de amor e sensatez. Aceita a vida como um dom permanente, tal como é, com alegrias e também com tristezas, angústias, separações e momentos dolorosos, que preparam, na esperança, o mundo futuro.
Enquanto avançamos, no tempo, em busca da maturidade cristã - da plenitude do tempo - ansiamos por essa experiência humana; é esse o caminho do Advento.

Maranatha! Vem Senhor Jesus!

Arménio Rodrigues
menorodrigues@gmail.com

A Coroa de Advento

Símbolo do Advento



A Coroa

«Estejam apertados os vossos cintos e acesas as vossas lâmpadas.» (Lc 12,35)

Consiste numa coroa feita com ramos verdes e flores, na qual se inserem quatro velas que significam as quatro semanas de preparação para o Natal, ou seja, o Advento.
É de origem escandinava e germânica. Cada vez se usa mais entre nós. Ajuda a aprofundar a espera e a intensificar, em cada semana, a preparação para a vinda do Senhor.

- A sua forma circular indica a perfeição, a plenitude a que devemos aspirar na nossa vida de cristãos.

- Como coroa, significa a dignidade, a realeza que Cristo veio outorgar ao cristão, isto é, a honra, a grandeza, a alegria, a vitória. (Em Ap 4, 4-10) Cristo aparece como soberano e em (Ap 14, 14) tem uma coroa na cabeça como próprio Deus). É «a coroa dos eleitos».

- Os ramos verdes significam também senhorio de Cristo sobre a vida e a natureza, dons de Deus que merecem o nosso cuidado e respeito.

- A Luz que se acende indica o caminho, afasta o medo e fomenta a comunhão. A Luz das velas é símbolo de Cristo, Luz do mundo.

- Acende-se uma vela em cada semana; uma na primeira, duas na segunda, três na terceira e quatro na quarta, simbolizando a nossa ascenção gradual para a plenitude da Luz do Natal.

- Ao acender a vela, pode fazer-se a seguinte oração:
«A Igreja inteira alegra-se, Deus da esperança, com a vinda de Jesus Cristo como Luz verdadeira para iluminar os que estão nas trevas. Fizemos esta coroa com ramos e enfeitámo-la com velas. Nesta preparação do Natal, nós Te pedimos, Senhor, que nos ilumines com a claridade do Teu Filho, Luz do mundo, que vive e reina contigo pelos séculos dos séculos. Amen».

Coloca-se:
- Num lugar de destaque do templo ou em casa;
- Com a colaboração de todos:
- Num lugar próximo daquele onde colocaremos o presépio e, porventura, a árvore do Natal.

Maranatha! Vem Senhor Jesus!

Bom Advento

Arménio Rodrigues