segunda-feira, setembro 14, 2009

A Família



A Família

A sociedade actual evolui tão rapidamente e por vezes de forma tão desordenada que cria em todo o mundo desigualdades, contradições e desequilíbrios que levam a tensões no seio da família.
O que damos aos nossos filhos é aquilo que eles precisam?
Estamos a dar-lhes bens materiais e eles precisam de carinhos e outras coisas semelhantes.
Para evitar este conceito de geração, temos de ter tempo para os filhos e não os deixar fechados no quarto, a ver televisão, jogar computador ou navegar na Internet. A conversa entre os vários membros da família e a transmissão de valores numa forma de referência, é um dos melhores métodos para educar. A mensagem de pais para filhos passa melhor por aquilo que fazemos do que por aquilo que dizemos!
O testemunho vivencial marca muito mais, a falta de tempo de muitos pais, é uma realidade, pois precisam de trabalhar, e quando chegam a casa estão cansados e não têm muito tempo para os filhos. O papel dos avós é cada vez mais importante, porque são eles que muitas vezes substituem os pais.
Como o tempo é pouco este tem de ter qualidade. A disciplina “dura” e as crispações não são os melhores métodos.
A catequese e a família:
A maior preocupação dos pais não deve consistir em que os filhos “saibam muitas coisas”. Mas antes, que eles sejam felizes por serem cristãos, e vão descobrindo, com outros cristãos, a beleza e o fascínio da Pessoa e do Mistério de JESUS CRISTO, como sentido da sua vida.

- Rezar e celebrar o Dom de fé, com os filhos, é a maior dádiva que se lhes pode oferecer.
A fé vivida em comum na “pequena Igreja” que é a família, deve ter expressão na grande família que é a Igreja.

Participação na Eucaristia Dominical:
Organize-se a agenda do fim-de-semana, pondo a Eucaristia, em primeiro lugar. Esse é o melhor testemunho que se dá aos filhos!


Vídeo - Tua Família
video
Pedidos deste vídeo para: menorodrigues@gmail.com
Arménio Rodrigues

Nenhum comentário: